www.paginadebatalha.com.br
Apresentação
Aspectos Geográficos
Dados Populacionais
Atividade Econômica
Mapas Municipais
Batalha no Google Earth
Notícias
Acervo de Fotos
Papéis de Parede
Vídeos
CD de Valsas
7 Maravilhas de Batalha
Cadastre-se aqui para receber notícias e outras informações de Batalha em seu endereço eletrônico.
Nome:
End. Eletrônico:
 
quarta-feira, 14 de janeiro de 2015
  SINDSERM - Marcha pelo Trabalho Digno Conquistado
 
   Batalha viveu mais um dia de exercício da democracia com a marcha dos professores concursados que receberam carta de citação da comissão formada pelos advogados Daniel da Costa Castro, Assessor Jurídico da Prefeitura, e Raimundo Nonato do Nascimento Sousa, servidor efetivo indicado pelo SINDSERM, e pelo servidor efetivo indicado pela Secretaria de Educação do Município, Raimundo Nonato dos Santos Melo.
    Em reunião hoje pela manhã na sede do sindicato, na presença de todos que receberam a referida citação, o presidente do Sindicato, prof. Nonato Silva, encaminhou a discussão sobre o atual momento que passam não só os servidores concursados como de resto todas as famílias batalhenses envolvidas. Estiveram também presentes o prof. Wagner, batalhense, presidente do SINDSERM de Luzilândia, professor que teve 20 horas cortadas juntamente com o prof. Soares e outros.
    A lamentar a falta de apoio dos vereadores batalhenses. A vereadora Shammara foi a única a comparecer e apoiar a luta dos concursados para garantir o emprego. Mantendo a coerência política, sua marca registrada, continua firme e engajada nas lutas em defesa dos direitos da população. Parabéns, vereadora!
    Depois da discussão no sindicato todos se dirigiram para a promotoria pública onde foram recebidos pelo promotor Dr. Clércio que de cara extinguiu a tal comissão, de forma que os documentos citatórios, se não perderam seu valor jurídico, não poderão ser motivo de análise de desempenho dos servidores citados, já que não existe mais a comissão. Pois agora cabe ao juiz acatar o pedido do promotor ou não. Mas será que não?
    Essa batalha ainda está longe de terminar. Que sirva de lição para a atual administração que ainda não disse a que veio.
    Parabéns a todos pelo engajamento, coragem e luta digna pelas suas conquistas.
    Só para complementar, aqui vai uma ressalva a favor da manutenção do emprego: A LOA - Lei Orçamentária Anual, serve de amparo legal para, por exemplo, abertura de um concurso público. Ou seja, quando o prefeito promove um concurso é porque existe recursos para os referidos cargos. Será que o dinheiros para pagar 36 servidores sumiu assim de repente???
    Com a palavra a prefeita. Que venha a público justificar esse verdadeiro vexame político e a decretação de ponto facultativo no dia de hoje. Por que? Medo de enfrentar os concursados?
    George Machado Tabatinga, com fotos de Mauro Robert







 
Comentários:
Enviado por nonato silva em 14/01/2015 às 22:24:58
EXPLICANDO! A COMISSÃO NÃO FOI EXTINTA "que de cara extinguiu a tal comissão", O MPE FICOU DE PROMOVER UMA AÇÃO JUDICIAL COM ESSE PEDIDO À JUÍZA - COM BASE NAS INFORMAÇÕES RECEBIDAS PELO SINDICATO, - QUE VAI DECIDIR SIM OU NÃO PELA SUSPENSÃO DOS TRABALHOS DA COMISSÃO; NÃO HOUVE DECRETO DE "a decretação de ponto facultativo no dia de hoje", APENAS, NENHUM DOS MEMBROS DA COMISSÃO APARECEU NA PREFEITURA PARA RECEBER OU DESPACHAR CÓPIAS DE PROCESSOS AOS SERVIDORES. O MAIS FOI TUDO OCORRIDO INCLUSIVE BOA RECEPÇÃO DO PROMOTOR SUBSTITUTO DR. GLÉSIO SETÚBAL DE TERESINA
Enviado por shammara Maria da Silva em 14/01/2015 às 20:02:51
sempre estarei presente em prol da luta de quem precisar ,pois tenho consciência da minha função como parlamentar,e lamento muito o silêncio da CÂMARA MUNICIPAL diante desses cartas de citação aos concursados ,só lamento a decepção.....quanto a mim jamais fugirei da luta !
Enviado por Laura Maria Leite Barbosa em 14/01/2015 às 17:00:13
Valeu Georgeo pelo APOIO.
Comente esta notícia:
Nome:
Endereço eletrônico:
Comentário:
www.igenio.com.br
© 2007 Página de Batalha. Todos os direitos reservados.