ÚLTIMAS NOTÍCIAS
BANDA DE MÚSICA 74/16 – ENCONTRO DE GERAÇÕES

BANDA DE MÚSICA 74/16 – ENCONTRO DE GERAÇÕES

No dia 28 de dezembro de 1974, depois da alvorada do meio-dia, a banda do mestre Fabiano à época composta por ele, Quinca, Gonçalo Fabiano, Zé Sará e Cristino, a convite de meu pai José Tabatinga, desceu o morro da igreja e tocou na casa de minha saudosa vó Liduina, conhecida por Dona Bôla. Talvez a única gravação daquela saudosa formação musical. Peguei um gravador portátil e uma fita cassete maxwell e gravei por cima de alguns clássicos de Ataulfo Alves toques inesquecíveis e únicos como a valsa Momentos Felizes e o samba Tetê do mestre Fabiano, além de dobrados famosos. Também registrei a foto que divulgo pela primeira vez aqui pra vocês sem me dar conta de que aqueles momentos foram os primeiros passos dos discos Alvorada Batalhense lançados em 2000.
Eis que no dia 30 de dezembro de 2016 são Gonçalo me proporcionou receber a banda Manoel Fabiano para um café da manhã na mesma casa e na presença de amigos e familiares: minha esposa, filha e neta. Meu irmão Gustavo, seu filho de mesmo nome, ex-esposa Soraia e e os primos Antônio e Maria Teresa.
Não podia perder a oportunidade de repetir a foto histórica, aparecendo no lugar do meu pai e minha irmã caçula segurando minha netinha Júlia enquanto Lima Neto representava seu avô Fabiano. Bel Lima, também seu neto, representando Zé Sará; Leonan, bisneto e filho do Lima Neto, representando Gonçalo Fabiano; Papagaio no lugar do Cristino e George do Ditim no lugar do seu primeiro professor e mestre Joaquim Cícero da Costa (mestre Quinca).
Para coroar aquele momento Lima Neto puxou a valsa Momentos Felizes logo acompanhado pelos músicos do quinteto. Aos demais componentes jovens desejo que guardem para sempre aqueles momentos do que foi e sempre será a música batalhense.
E viva nossa cultural!

bandas-74-16

Tema Por Premium Wordpress