ÚLTIMAS NOTÍCIAS

CRÔNICAS RECENTES

DIA DE FINADOS 2012 EM BATALHA – PI

A Página de Batalha na Internete deseja a todos os batalhenses um Dia de Finados cheio de orações e visitas aos túmulos dos seus entes queridos.
Há registros de que no século II cristãos já praticavam o ato de rezar pelos falecidos e visitar os túmulos, principalmente de mártires. Mas foi a partir do século XIII que o dia dedicado aos mortos passou a ser comemorado anualmente no dia 02 de novembro e o dia primeiro do mesmo mês dedicada a todos os santos.
Mais uma vez registramos a necessidade de ampliação do cemitério de São Gonçalo antes que as terras do em torno sejam ocupadas e o descaso público se torne irreversível. A Página de Batalha em anos anteriores fez diversos apelos nesse sentido, mas nenhum dos administradores recentes foi capaz de resolver a questão. Enquanto isso, diversos túmulos já foram profanados na calada da noite e de dia mesmo, com o enterro irregular em covas antes ocupadas mas que por conta da ausência de parentes outros se apossam irresponsavelmente.
Você sabe quem administra os cemitérios batalhenses? Então comente a matéria e divulgue os nomes.
Que Deus receba a todos nós de braços abertos no dia do Juízo Final
P.S. – Assista ao vídeo de 2012 com registro inédito da madrugada de finados.  AQUI

DIA DE FINADOS 2012

NONATO FABIANO – ADEUS AOS 95 ANOS DE VIDA

A Página de Batalha enlutada registra o falecimento de Raimundo Nonato Lima, hoje, dia 06 de abril, aos 96 anos incompletos. Ele que nascera em 08 de janeiro de 1921.
Nonato Fabiano, carinhosamente chamado de “Meu Copinha”, era figura carismática batalhense.
Fez parte da época de ouro de nossa banda de música onde tocou clarinete e, finalmente, saxofone soprano. Talvez o único tocador de sax soprano até hoje em nossa banda
Ao longo de sua vida foi comerciante. Primeiramente, no mercado público de Batalha onde hoje negocia o amigo “Grosso”. Uma esquina de muitas lembranças. Depois lembro que sua quitanda mudou-se para o prédio do finado Sansão, próximo onde hoje é a Secretária de Saúde.
Estamos preparando uma crônica especial sobre a vida desse batalhense que deixa uma lacuna de saudade pela sua simplicidade e alegria de viver.
Descanse em paz, Meu Copinha!
Foto: Enviada pelo sobrinho Bel Lima

PÁGINA DE BATALHA – 10 ANOS NA INTERNETE

No dia 29 de setembro de 2005 iniciamos o trabalho incansável de divulgação da cidade de Batalha na rede mundial de computadores. Não foi fácil iniciar: Batalha não tinha internete a não ser em alguns órgãos como Secretaria de Saúde por conta dos programas nacionais de vacinação e outros.
Chegamos a ter mais de 500 endereços de filhos de Batalha na nossa caixa de correio eletrônico. Conterrâneos que moravam foram e mostravam-se empolgados com as primeiras matérias divulgadas sobre sua terra.
No início, era grande o contato e quase todo dia respondíamos mensagens de apoio e satisfação com nosso trabalho.
Agradecemos nominalmente todos os nossos colaboradores nesses dez anos de instalação:
Lucimar Rocha, primeiro colaborador da Página.
Francisco José Sampaio Melo,
Leoni Melo,
Everardo Torres,
Priscilla Carvalho,
Lauro Sousa,
Márcio Carvalho, e
Mauro Robert Borges, colaborador atual.
Outros, eventualmente colaboraram e aqui registramos nossos agradecimentos.
A todos vocês internautas o agradecimento maior pela força, crítica, sugestão e toda sorte de incentivo.
A partir desta data, mudaremos o foco do portal de forma a conviver lado a lado com a evolução da internete com o advento das redes sociais, blogues e toda sorte de comunicação virtual.
Aguardem os próximos capítulos dessa nova história.
Saudações Batalhenses,
George Machado Tabatinga, responsável.

Juiz da Bandeira – Uma tradição

Durante décadas acompanho os festejos de minha terra e um dos pilares na organização para que a festa transcorra da melhor forma possível era a figura do Juiz da Bandeira. Só para recordar, registro nesta crônica as figuras de dos irmãos Clóvis, Baltazar e Machado Melo, Álvaro Vaz, Carmélio Machado, Dedim Melo e do saudoso médico José Lages de Barras que no ano de sua formatura teve o prazer de prestar esse serviço à comunidade católica de nossa terra.
Nos tempos recentes, em 1996, tive oportunidade de juntamente com Laura Leite Barbosa e o então candidato João Messias, ocupar tão prestigiado e importante cargo dentro dos festejos. Na virada do século, ano 2000, fui mais uma vez e no festejo de São Gonçalo.
Pois bem, hoje Batalha está próxima dos 30 mil habitantes e para que os trabalhos de um festejo aconteçam dentro da normalidade só mesmo uma equipe numerosa de voluntários pra cuidar de tudo. Nesse festejo de Nossa Senhora de Lourdes coube ao Setorial Santa Luzia e Conselho Econômico da Paróquia essa responsabilidade. Na foto ilustrativa, irmã Maria do Carmo, Laura Leite e Luis Melo, filho do saudoso casal Vicência e Dedim Melo, envolvidos nos trabalhos.
A toda equipe o meu muito obrigado em nome da comunidade católica de Batalha e feliz festejo.

Dia do Padre – Parabéns aos padres Oscar e Joaquim Trindade

Hoje a igreja comemora o Dia do Padre e neste dia a Página de Batalha aproveita para desejar aos padres Oscar e Joaquim Trindade que o Espírito Santos os ilumine na condução do povo católico em especial durante os festejos em honra de nossa co-padroeira Nossa Senhora de Lourdes.
Deixo a sugestão para a comunidade católica de Batalha adotar essa data para os próximos festejos como sendo um dia especial de comemorações e louvores para o nosso pároco com homenagens, terço dos homens, missa especial, um almoço ou jantar comemorativo, etc. Bem, que a comunidade daqui pra frente cuide de transformar este dia num dos mais festivos do calendário católico de nossa Batalha.
Abaixo, como parte do nosso trabalho de sempre procurar passar pra vocês internautas ao longo desses dez anos matérias consistentes, um breve histórico esclarecendo o porquê dessa data escolhida pelo papa Pio XI em 1929.

“O Dia do Padre é celebrado oficialmente em 4 de agosto, data da Festa de São João Maria Vianney, desde 1929, quando o papa Pio XI o proclamou “homem extraordinário e todo apostólico, padroeiro celeste de todos os párocos de Roma e do mundo católico”. Padroeiro é o representante de uma categoria de pessoas, cuja vida e santidade comprovadas estimulam a uma vida de fé em comunhão com a vontade de Deus.

João Maria Vianney nasceu na França, em 1786. Depois de passar por muitas dificuldades por causa de suas poucas habilidades, foi ordenado sacerdote. O bispo que o ordenou acreditou que o seu ministério não seria o do confessionário, pois achava que sua capacidade intelectual era muito limitada para dar conselhos.

Ele foi enviado para a pequenina Ars, no interior da França, como auxiliar do padre Balley, o mesmo que vislumbrou, por santa inspiração, seu dom e, confiando nele, o preparou para o sacerdócio. Padre Balley, outra vez inspirado, acreditou que o dom de seu auxiliar era justamente o do conselho e o colocou a serviço do confessionário. Assim, padre João Maria Vianney, homem justo, bom, extremado penitente e caridoso, converteu e uniu toda Ars. Amado e respeitado por todos os fiéis e pelo clero, sua fama de conselheiro correu por todo o mundo cristão. Assim, ele se tornou um dos mais famosos confessores da história da Igreja. Conhecido também como o Cura d’Ars, mais tarde, foi o pároco da cidade onde morreu, em 1859.

São João Maria Vianney, canonizado por Pio XI em 1925, é o melhor exemplo das palavras profetizadas pelo apóstolo Paulo: “Deus escolheu o que no mundo não tem nome nem prestígio, aquilo que é nada, para assim mostrar a nulidade dos que são alguma coisa” (1Cor 1,28) .”
Leiam mais em … Edições Paulinas

São Gonçalo pelas mãos do frei Nilton recebe pintura e detalhes originais

Conforme prometido, estivemos na turística cidade cearense de Guaramiranga, no maciço de Baturité, a cerca de 120 quilômetros de Fortaleza, para verificar in loco o andamento da reforma da imagem do nosso padroeiro.
Assistimos missa dominical na matriz de Nossa Senhora da  Conceição, cuja igreja foi construída em 1873, sendo portanto, mais jovem que a nossa jubilar matriz de São Gonçalo.
Após a belíssima missa celebrando Pentecostes, estivemos na casa paroquial visitanto frei Nilton, religioso e artesão dos melhores, cujo trabalho meticuloso e técnico é digno de elogios.
Segundo ele, pesquisando as vestes da congregação dominicana, da qual fazia parte São Gonçalo, o hábito era composto por túnica, escapulário e capuz brancos, juntamente com capa e capuz negros. Segundo ele, a imagem reformada irá retratar de forma mais precisa o habituário da época.
A pintura dos adereços e contorno está sendo feita com tinta especial à base de ouro, mais resistente. Os dedos quebrados, rachaduras e parte interna foram totalmente restaurados. Agora é só aguardar o término dos trabalhos.
Com certeza, no próximo festejo teremos uma imagem totalmente recuperada. E para comemorar, estamos compondo uma música especial pra receber de braços abertos a imagem do nosso santo protetor. Até porque São Gonçalo gostava de tocar e dançar, tanto que no Brasil também é tido como padroeiro dos violeiros.
Página de Batalha na Internete: 10 anos ao lado de nossa cultura!

Com Corrida de Jumento a Prefeitura comemora Dia do Trabalhador em Batalha

Lamentável! Lamentável! Lamentável!
A manchete do portal Cidade Verde, alusiva às comemorações do Dia Internacional do Trabalho em Batalha, valoriza a tão repetida corrida de jumento. Como se não bastasse a referência ao jumento “meu irmão”, na música do Rei do Baião, aqui usado não como elogio, mas com intenções pejorativas (no sentido depreciativo, provocante, etc). Na página da prefeitura nas redes sociais, na concepção do redator só o fato de sair num portal maior é o que importa. Parece a máxima “falem mal, mas falem de mim. Uma tristeza.
Outro fato chamou atenção: o portal divulgou como sendo o ” 19º ”  Festival Olímpico, quando na verdade é o XXIX (vigésimo nono). Pior ainda fez o responsável pela página da prefeitura, que divulgou assim a matéria.
Cadê o Nidoval Melo? Não faz mais parte do setor de comunicação da prefeitura? Ele que foi, juntamente com Lucimar Rocha, idealizadores do festival olímpico? Aliás, na sua página pessoal nas redes sociais nenhuma nota a respeito do festival.
Embora não tenhamos recebido a programação oficial através da prefeitura, um leitor nosso enviou e publicamos abaixo.
Leiam a matéria no … Portal Cidadeverde

XXIX-Festival-Olimpico

Hannah Gabriela – A Festa de 15 Anos

Aconteceu no Paraíso da Remédios a recepção dos familiares e convidados da jovem debutante Hannah Gabriela e antes, na Capela de São Raimundo Nonato, deu-se a missa em ação de graças.
Confiram as fotos clicadas pelo colaborador Mauro Robert.

Padre Wolfgang Hermann – 08 anos de saudade

No dia 10 de abril de 2007 falecia de morte trágica o saudoso Padre Wolfgang, que o povo de Batalha chamava simplesmente de Padre Wolf. Um jovem alemão de porte alto  que esteve à frente da Paróquia de São Gonçalo por seis anos. Chegou aqui exatamente no dia do Levante da Bandeira do Festejo de N. S. de Lourdes, em agosto de 1995, quando a procissão descia a ladeira do morro da Saudade sob o passo rápido de Seu Sena, de saudosa memória, empunhando a bandeira principal.
Padre Wolf iniciou diversas atividades junto à comunidade batalhense. Lembro-me de certa vez em Batalha ter sido convidado a participar de um ensaio de coral à tarde na igreja. Percebi alí sua formação musical __ fato comum na sociedade alemão. Ele com desenvoltura distribuía as notas iniciais nos diversos naipes de vozes. Sempre lendo a partitura e tendo a verdadeira noção de tempo, compasso e percepção sonora. Tudo sem auxílio de um diapasão ou instrumento musical. Uma pena que esse projeto não tenha  logrado êxito!. Fato que teria resgatado os saudosos tempos do coral da igreja lá pela década de 40, onde uma de suas maiores expressões fora a dileta amiga e membro do Apostolado Maria “Assunção” Lima Ananias, filha do Mestre Fabiano.
No dia de hoje somam-se nos corações batalhenses oito anos de muita saudade e boas recordações.
George Machado Tabatinga, responsável pela Página de Batalha na Internete
P.S. – Foto extraída de gravação VHS do colaborador Lucimar Rocha

PADRE WOLFGANG HERMANN

Semana Santa – Procissão Luminosa

A Página de Batalha vem cobrindo todos os principais momentos da Semana Santa através do nosso colaborador Mauro Robert. Nesta matéria, registros da tradicional Procissão Luminosa que normalmente é realizada na Quinta-feira Santa e não na Sexta-feira, como foi o caso de Batalha.
Abaixo, transcrevemos um resumo das atividades religiosas na Terra Santa, Jerusalém:

“O período da quaresma está terminando, e tantos os cristãos locais quanto os milhares de peregrinos que vieram à Cidade Santa estão se aprontando para celebrar a Semana Santa e o seu auge, o Domingo de Páscoa – o tempo mais importante do ano litúrgico cristão.

Não há nada que se compare a vivenciar a Semana Santa em Jerusalém.  Celebrar os grandes eventos da história da salvação e da vida de Jesus nos mesmos lugares onde ocorreram é uma experiência de fé emocionante e inesquecível para todos os crentes.

A Semana Santa começa oficialmente com a celebração da entrada de Jesus em Jerusalém no Domingo de Ramos (1o de abril), com uma missa matinal às 8:00 na Igreja do Santo Sepulcro e a tradicional procissão de ramos à tarde. Depois, às 14:30 milhares de cristãos do mundo todo irão marchar alegremente de Betfagé, orando e cantando em todas as línguas, até a encosta ocidental do Monte das Oliveiras, através do Vale do Kidron e entrando na Cidade Velha.

Na Quinta-Feira Santa a Missa da Ceia do Senhor será celebrada no Santo Sepulcro às 8:00 pelo Patriarca Latino de Jerusalém, e à tarde (15:30) os franciscanos farão a sua tradicional peregrinação ao Cenáculo (o Aposento Superior) no Monte Sião. À noite, começando às 21:00, os peregrinos e os cristãos locais farão uma vigília com Cristo durante a meditativa Hora Santa no Jardim de Getsêmani, seguida por uma procissão a luz de velas à igreja de São Pedro em Gallicantu, tradicionalmente conhecida como o lugar onde Jesus passou a noite depois de sua prisão.

Na Sexta-Fera Santa, às 8:00, a Paixão de Cristo e a crucificação serão lembradas no Calvário, seguidas pelas Estações da Cruz na Via Dolorosa às 11:30, liderada pelo Custódio Franciscano da Terra Santa.  Depois, às 20:10, o funeral de Cristo será celebrado no Sepulcro, um evento único da Igreja de Jerusalém, que recria a deposição do corpo de Cristo na tumba.

A muito antecipada Vigília Pascal, o clímax da semana, será feita na manhã de sábado às 7:30 na Basílica da Ressurreição, seguida pela entrada solene do Patriarca às 15:30, e a recitação das vésperas às 18:00.

No Domingo de Páscoa uma missa será celebrada às 8:00 com uma procissão em volta da tumba de Jesus e depois a procissão diária sairá às 17:00.

Finalmente, na Segunda-feira de Páscoa, o encontro entre Jesus e os dois discípulos na estrada para Emaús será comemorado com a celebração da Missa no Santo Sepulcro às 8:00, e também pelo Custódio em Emaús às 10:00″.
Fonte: http://www.holyland-pilgrimage.org/pt-pt/node/1426

 

Sexta-Fera Santa, às 8:00, a Paixão de Cristo e a crucificação serão lembradas no Calvário, seguidas pelas Estações da Cruz na Via Dolorosa às 11:30, liderada pelo Custódio Franciscano da Terra Santa.  Depois, às 20:10, o funeral de Cristo será celebrado no Sepulcro, um evento único da Igreja de Jerusalém, que recria a deposição do corpo de Cristo na tumba.

Tema Por Premium Wordpress